10 comidas e bebidas que melhoram a saúde

10 comidas e bebidas que melhoram a saude10 comidas e bebidas que melhoram a saude

Conheça 10 Comidas E Bebidas Que Melhoram A Saúde

Estações mudando, do quente para o frio, quem não ficou doente ainda ou não conviveu com pessoas nessa situação que atire a primeira pedra.

A questão é: como fortalecer a imunidade e manter a saúde em tempos de gripe?

Nada melhor do que com comida, né?

Conheça 10 alimentos que te ajudam (e o vinho está entre eles!).

Brócolis

Rico em compostos como beta-caroteno, vitaminas B e C e flavonóides que contem função antioxidante, o brócolis são bons aliados na luta contra inflamações e outras doenças.

Além disso, também carrega um composto chamado sulforafano que possui propriedades anticêncer.

Nozes

Achou que ômega 3 estava presente só nos peixes? Nada disso! As nozes, além de possuí-lo também, ainda contém três ácidos graxos, conhecidos como ALA, que reduz inflamações no corpo.

Em 2004, o Journal of Nutrition publicou um estudo realizado com pessoas que consumiam, em média, 2,3 nozes e linhaça (que também contém ALA) por dia e constatou-se que o nível de inflamação dessas pessoas havia reduzido significativamente, inclusive os níveis de proteína C, um grave indicador de doenças cardíacas.

Uva

Não só no vinho as uvas fazem bem para a sua saúde…

Em 2004, um estudo concluiu que a Concord, uva de mesa da espécie lambrusca, reduz os níveis de marcadores inflamatórios no sangue devido à presença de resveratrol na casca que inibe as inflamações e até pode ajudar a combater o câncer.

Vale lembrar que comer a uva (e não apenas bebê-la em vinhos e sucos) adiciona fibras e reduz excessos de açúcar.

Cranberrie

Cranberries… Ainda se popularizando no Brasil, a baga vermelha desta frutinha inibe tumores cancerígenos e reduz o mal colesterol (LDL) por possuir antioxidantes e anti-inflamatórios.

Além disso, possuem taninos que, assim como nos vinhos, são um agente antibacteriano natural que combate infecções urinárias.

Cacau

Ah, tão querido especialmente pelos brasileiros… Se chocolate já era bom, agora fica ainda melhor: ele também pode contribuir com a sua saúde! O cacau possui flavonóides – anti-inflamatórios que reduzem a coagulação do sangue e inflamações no corpo.

E quando o friozinho está chegando, isso pode ficar ainda melhor: ao consumir um ou dois copos de chocolate quente por semana, reduzirá inflamações, especialmente se feito com leite desnatado.

Peixes gordurosos

Quem é que não gosta de um bom salmão, não é mesmo? Sardinha e atum também entram no ranking de peixes gordurosos que contém óleos graxos na área ao redor do intestino.

Especialistas afirmam que consumir de uma a duas porções por semana desses peixes ajuda a reduzir a inflamação.

Boi-verde ou orgânico

Já ouviu falar nos bois-verdes ou orgânicos? São aqueles que comem apenas pasto e alimentos orgânicos no lugar da ração.

As rações baseadas em milho e grãos possuem um alto teor de ômega 6 e substâncias relacionadas a inflamações. Já os chamados boi-verdes, possuem carne rica em ômega 3 e vitamina E.

Chá

Os ingleses não devem sofrer nenhuma inflamação. Brincadeiras à parte, chás brancos e verdes são ricos em catequinas, compostos antioxidantes que reduzem a placa arterial.

Além disso, a bebida ainda tem sido associada à redução de doenças cardíacas, diabetes e câncer.

Vinho Tinto

Ah, chegou a vez do nosso querido vinho! O que já é bom, pode ficar ainda melhor graças aos taninos e resveratrol que tanto falamos nas nossas matérias.

O resveratrol possui propriedades anti-inflamatórias e anti-cancerígenas, além dos muitos benefícios para o coração, para o cérebro, para a visão e até para a memória!

De acordo com o setor médico da Universidade do Arizona, isso acontece porque o vinho previne o sangue de coagular e reduz a inflamação dos vasos, ambos relacionados ao declínio de memória.

Azeite extra-virgem

Os azeites extra-virgens não são refinados e possui uma substância que age com duas enzimas: COX-1 e COX-2, ambas relacionadas à inflamação.

Em 2005, foi publicado na revista Nature, um estudo que afirma que essa substância possui efeito anti-inflamatório igual ao analgésico iboprufeno.

Compre nossos vinhos e azeites na Sonoma

Leave a comment

Your email address will not be published.


*