É primavera… Te amo (com vinho!)

eey2mj3boxmebbrj23dpeey2mj3boxmebbrj23dp
É primavera… Te amo (com vinho!)

Esta semana entramos na estação mais leve, colorida e florida do ano: a querida primavera. Comidas mais leves, programas ao ar livre, flores roubadas dos muros vizinhos e, claro, muitos vinhos para cada uma dessas situações que só a primavera é capaz de trazer tão bem.

Sendo assim, por que não harmonizar um vinho com cada ocasião? Afinal, tudo nesta vida merece um brinde, inclusive a chegada das flores (e o período da colheita).

Piquenique – rosé da Provença

Piquenique

Tanto a primavera quanto o verão são estações que muito combinam com uma toalha quadriculada e uma cestinha na grama, mas, convenhamos: na primavera é bem mais confortável. O tempo está ameno, as flores estão por todos os cantos e qualquer ambiente ganha uma beleza e charme a mais. É a época das amoras, dos morangos, das frutinhas amarelas… Tudo que combina com piquenique! E nada melhor que um rosé da Provença para acompanhar tudo isso. Romântico e leve como a estação, cor bonita como as rosas brotando e refrescante na medida certa para uma estação nem quente nem fria, na temperatura ideal. Além de ser capaz de harmonizar com tudo (ou quase tudo) que estiver na sua cestinha.

Tim Maia – Espumante, colheita tardia

Tim Maia.

Que atire a primeira pedra quem nunca pensa em continuar com “… te amooo”, quando ouve alguém dizer: “é primavera!” A clássica e inesquecível voz de Tim Maia está presente na estação das flores e, enquanto ele cantava “tomo guaraná, suco de caju, goiabada para sobremesa” nós tomamos espumante doce, colheita tardia e mantemos a goiabada para sobremesa. Afinal, tantas borbulhas explodindo à boca, exalando frescor e um colheita tardia para enaltecer a doçura da primavera, merece mesmo uma goiabada para completar a festa. Nossa indicação? Espumante Limoux Doux

Amor de verão não sobe a serra, mas de primavera… – Rosé

Amor de verão

Dá muito certo! Afinal, qual mulher não se apaixona ao receber flores? Ainda que ela não seja das mais românticas e não goste do buquê em si, vai se admirar com o gesto. E se levar um rosé como o Weingut Heinz Pfaffmann Portugieser Rosé 2011, a conquista é garantida. Já falamos dele no piquenique, mas no quesito romance um rosé chega sutil, aromático como o perfume da amada e combinando com alguma peça da roupa dela. Mas caso ela não seja muito fã do rosa, não tem problema, ele compensa no sabor elegante que toda mulher gosta. Além de ter uma acidez capaz de deixar a boca salivando…

Flores – Prosecco, Sauvignon Blanc

Flores

Na primavera tudo tem flores: os campos, os jardins, parques, até as estampas! Das mais variadas espécies e cores, todas harmonizam com um Prosecco leve, fresco, com notas cítricas como as frutinhas amarelas da estação e florais. Afinal, primavera pode ser passeio no parque, pode ser fim de semana no sítio ou tarde com os amigos e aquela comidinha levinha, ou seja, tudo que harmoniza com Prosecco ou Sauvignon Blanc e suas notas de grama verdinha, maracujá, pêssegos e abacaxi, caso não seja muito fã dos espumantes.

Colheita – Vinho Verde

Colheita

Você sabia que a colheita das uvas para produzir o vinho é feita no outono? Mas, quando é outono para os países do Velho Mundo (e para alguns do Novo Mundo também), é primavera para nós. É uma ocasião que merece o brinde, afinal, não fosse uma colheita de sucesso, não teríamos como brindar nem este evento nem qualquer outro! Imagine um lugar sem vinho! Melhor nem pensarmos… Só preparar as taças e o Vinho Verde: fresco como uma uva recém-colhida.

Comédia Romântica – White Zinfandel

Comédia Romântica

Seja a namorada, as amigas, aquela paquerinha… Alguém vai te chamar para ver uma comédia romântica. É um tipo de filme leve, descontraído e cheio de cores, como a estação sugere, além de ser o gênero que mais se repete naquelas sessões que passam durante a tarde na tevê. Não pense em recusar o convite! Se não gosta do filme, leve um White Zinfandel que tudo melhora! Se gosta, leve dois: um olho no filme, um gole à boca. Pêssegos, morangos e cerejas são características desta uva tão californiana. Harmonização por semelhança: comédias românticas geralmente americanas, adocicadas e prazerosas, como um White Zinfandel.

Comidinhas que têm “primavera” no nome – Sauvignon Blanc

Rolinho Primavera

Salada primavera, bolo primavera, arroz à primavera… Muitas são as receitas que levam a estação no nome por terem ingredientes tão típicos desta época. A salada, agridoce. Com pera, gorgonzola, presunto cru, entre outros. O bolo, as opções doce e salgada. E o arroz, com legumes. Um vinho capaz de harmonizar isso tudo? Sauvignon Blanc! Fresco como o Deux Moulins IGP 2014, leve, cheio de frutas amarelas (a cara da estação), sabor marcante e boa acidez, o que favorece muito o âmbito das harmonizações.

Frutas (brancas, amarelas, vermelhinhas…) – Brancos, tintos, variados

Frutas

Não só de flores vive a primavera, mas também de frutas. Pêssegos, abacaxis, morangos, amoras, framboesas, maracujás, pêras, melancias, melões e por aí vai… Tudo isso dá mais sabor, beleza e cor à estação. E quais vinhos são exatamente assim? Sauvignon Blanc, com as frutas amarelas e graminha cortada, Chardonnay e seu adocicado abacaxi em calda, Merlots e Malbecs que muitas vezes explodem em morangos, cerejas e amoras… O que você escolhe? Comer essas frutas ou bebê-las? Nós gostamos dos dois!

Festas de aniversário – Espumante Moscatel

Festa aniversário

Considerando fevereiro o mês do carnaval e o período em que muitas pessoas engravidam (reza a lenda), novembro acaba sendo o mês dos nascimentos e dos aniversários. Se é a vinda ao mundo, merece brinde. Se está completando tantas primaveras (literalmente), também merece um tilintar de taças. E todo aniversário que se preze tem docinhos, bolo, salgadinhos… Dá para fazer uma festa bem à moda e servir um bolo de frutas, mousses, sobremesas com sorvete e tudo isso pede um Moscatel! Fino, sutil, aromático e suas desprendidas borbulhas combinam perfeitamente com um ambiente festivo e alegre.

Alcachofra – Moscato D’Asti

Alcachofra

Você sabia que um dos mitos das harmonizações tem sua época exatamente na primavera? Pois é. A alcachofra é uma das coisas mais difíceis de harmonizar e, sendo ela uma flor, se encontra linda, grande e intensa nessa estação. Seu amargor e sabor tão característico não são fáceis de harmonizar, mas o dulçor de um Moscato D’Asti cai como uma luva para este prato.

Meia-estação – Pinot Noir do Chile

Meia-estação

Nem frio nem calor, nem casaco e nem regatas. Já que você vai tirar os cardigans e suéters do armário, os lenços e folgar o nó das gravatas, aproveite e tire um Pinot Noir do Chile como o Laberinto Pinot Noir Cenizas de Laberinto 2013 da adega. Nem encorpado o suficiente para o inverno, nem tão leve e fresco para o verão, este é o vinho que vai combinar perfeitamente com a primavera: uma meia (e deliciosa) estação.

Viagens, desejadas férias, ou pelo menos uma folguinha… – Cabernet Sauvignon

Folga, primavera

Os colégios, faculdades e afins não estão em época de férias. Isto significa passagens aéreas mais baratas, lugares turísticos menos “tumultuados” e o momento ideal para tirar aquela semaninha de folga necessária ou cobrar do chefe aquelas férias que já venceram na estação passada. Então prepare as malas, abra um Cabernet Sauvignon como Harlow Ridge 2012 (uma das uvas mais viajadas do mundo dos vinhos) e se inspire para partir ao seu destino sem preocupações e sem estresse. É hora de relaxar e curtir o solo que pisar, tal como nossa querida Cabernet!

Agora que você já sabe qual vinho harmonizar com cada ocasião dessa florida estação, prepare as taças, o telefone, os vinhos, convide todo mundo e voilà! Bem-vinda primavera!

Compre os melhores vinhos na Sonoma

Leave a comment

Your email address will not be published.


*