Um brinde à nossa saúde

Um estudo publicado na revista “Acta Neurologica Scandinavica”, do Reino Unido, garante que o vinho ajuda na prevenção de enfermidades neurodegenerativas.

*Um estudo publicado na revista “Acta Neurologica Scandinavica”, do Reino Unido, garante que o vinho ajuda na prevenção de enfermidades neurodegenerativas, como o Alzheimer e Demência Senil. *

Para chegar nesta conclusão, pesquisadores acompanharam durante sete anos mais de cinco mil adultos, registrando o consumo médio de vinho dos participantes.

Após o acompanhamento, aqueles que consumiram vinho de maneira moderada – duas vezes ou mais por semana -, tiveram melhores pontuações nos testes cognitivos. Sabendo beber com moderação, sem dúvida, o vinho garantirá muitos benefícios.

Resveratrol: o “mocinho” da história

Muitos pesquisadores acreditam que o benefício alcançado através da bebida vem do resveratrol – substância encontrada nas cascas de uva tinta.

Não é de hoje que a substância vem sendo estudada. Existem diversas pesquisas que revelam ações positivas se o vinho for consumido moderadamente.

E você, quanto consome por semana?

Por Andressa D’Amatto

Conheça nossos excelentes vinhos


Quer saber mais? Veja também outros artigos relacionados.