Vinho tinto e chocolate: uma combinação inusitada

Não dá para resistir ao chocolate, não é? Pode ficar ainda melhor se harmonizado com vinho!

Porém, os amantes de vinho sofrem para harmonizá-lo com a bebida, já que o alimento é forte, doce e gorduroso demais. No entanto dizem que os chocolates e doces só combinam com vinhos doces, ou seja, os de sobremesa. Mas há controvérsia: a mistura de chocolates e tintos pode ser surpreendente. Alguns podem “torcer o nariz” para essa harmonização, outros, vão agradecer pela dica…

Chocolates e doces vão muito bem com café, água com gás e vinhos fortificados. Essa regrinha básica está correta, mas se você quer sair do convencional, sugerimos um vinho tinto seco para acompanhar. Aos olhos dos mais puristas, esta combinação pode não ser tão agradável, contudo, não irá desarmonizar totalmente. Muitos paladares, inclusive, podem aprovar essa “união”.

Na teoria, o vinho fortificado é o que mais combina com o chocolate. E, para não ter erro, muitos apostam no francês “Banylus”, um vinho tinto encorpado e fortificado e, portanto, mais doce. Outra opção que segue essa mesma linha é o da “terrinha” Vinho do Porto, também fortificado e doce. Estas opções vão muito bem também com chocolate branco e ao leite, já que são muito doces e, por carregarem boa dose de açúcar, harmonizam apenas com os vinhos de mesmo peso, ou seja, os doces.

No entanto, o sommelier e diretor de produtos, Edson Barbosa, já passou pela experiência de provar chocolate e vinho tinto seco e garante que não se arrepende. “O chocolate tem sabor muito intenso e pode acabar ‘matando’ qualquer outro vinho que possa competir com ele. O princípio da harmonização é que vinho e comida estejam balanceados e equilibrados, sem que haja sobreposição de sabores. Porém, várias vezes comi chocolate com vinhos tintos secos. Particularmente, achei gostoso”, afirma.

Se for fazer o teste, escolha o chocolate meio amargo, já que combina melhor com o tinto e, ainda, é muito mais saudável. “Geralmente quando as pessoas desenvolvem melhor o paladar e passam a apreciar seus vinhos de maneira mais atenciosa, preferem não fazer esse tipo de mistura. Os estudiosos também recomendam que não a faça. Eu concordo, mas, como disse acima, já fiz várias vezes e achei gostoso. Certamente farei outras”, fala.

Doces X Vinhos

Quando o assunto é doce, o leque fica mais amplo, já que é preciso lembrar que existe a harmonização e a desarmonização, que pode tornar a experiência péssima. Quando não há compatibilidade entre ambos, pode proporcionar sabores extremamente desagradáveis. Uma harmonização digamos “não tão boa”, jamais surtirá este efeito. Pode não ficar incrível, mas também não ficará ruim.

Os doces, em geral, não combinam com vinho tinto. Eles pedem vinhos doces na temperatura certa – que deve ficar em torno de seis e oito graus – e boa acidez. Os ideais são os de colheita tardia ou “Late Harvest”, que são mais licorosos e doces. Mas, de fato, harmonização é muito pessoal. Para saber se o seu paladar aceita ou não, antes de qualquer regra ou recomendação, o importante é testar. E você, já provou um tinto com chocolate?

Escolha um bom vinho tinto e aprecie essa experiência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aprenda mais sobre o universo do vinho.

Cadastre seu e-email e receba atualizações notícias e promoções

Por favor, verifique seu email. Por favor, verifique sua cidade.
O que falam da gente

Quer saber mais da Sonoma? Clique em algumas destas matérias para saber mais sobre a empresa.

Close
© 2020 SONOMA. Todos os direitos reservados. Se beber não dirija. Aprecie com moderação. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.
Close