Carménère

Carménère

Carménère

Carménère é uma casta de uva originária de Bordeaux, na França, mais especificamente de Medóc. Mas foi no Chile que ganhou fama.

Carménère é uma casta de uva originária de Bordeaux, na França, mais especificamente de Medóc. Curiosamente, essa uva de tom preto azulado pertence à família da Cabernet Sauvignon, mas é mais suave do que ela, devido à sua quantidade reduzida de taninos.

Embora seja originária da França, as videiras da Carménère foram extintas no país em 1860, quando uma praga as atingiu. Para recuperar o prejuízo, os produtores passaram a investir na Merlot, tipo de uva mais resistente.

Quando já era considerada totalmente extinta, a Carménère foi redescoberta no Chile, onde era confundida com a Merlot pelos produtores locais. A parte engraçada é que a Carménère foi parar no Chile por engano. Durante o século XIX, o país importou mudas de Merlot da França e acabou recebendo também, sem querer, mudas da Carménère.

Mas a praga que acabou com a casta de uva na França não atingiu as mudas no Chile. Durante boa parte do século XX, porém, os produtores chilenos fabricaram vinhos Merlot que, na realidade, tinham uma mescla das uvas Merlot e Carménère.

Somente em 1994, Jean-Michel Boursiquot, professor de enologia, notou que algumas uvas de plantações chilenas ditas como Merlot demoravam mais para amadurecer. Após estudos, o professor francês confirmou que se tratava da casta de uva Carménère.

Hoje, o cultivo da Carménère se mantém restrito ao Chile, com destacadas plantações no Vale do Colchagua, em Maipo e Vale do Rapel. Em 1998, o Departamento de Agricultura do Chile chegou até mesmo a reconhecer a Carménère como casta própria do país.

Por Sonoma Brasil

Leave a comment

Your email address will not be published.


*