Receita: Baleada, por James Hollister

Como bom país latino-americano, Honduras também tem sua culinária representada por uma tortilha – dessa vez, recheada algo igualmente típico do continente, o feijão. A baleada está num meio termo entre as quesadillas e o burritos mexicanos. Diz-se que seu nome se deve ao fato de os ingredientes virem todos soltos em seu interior, mas há muitas lendas que cercam sua origem. Outra hipótese diz respeito ao fato de o feijão na década de 1970 ser conhecido no país como “bala”.

Ingredientes

  • 1/2 kg de farinha de trigo
  • 1/2 kg de queijo prato ralado
  • 100 mL de óleo
  • 100 g de feijão cru
  • 1 cebola picada
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 dente de alho
  • Água

Modo de preparo

  • Misture bem a farinha, o óleo, o fermento, o sal e a água. Reserve por cerca de meia hora. Abra em discos de 1 a 2 mm de espessura
  • Asse as tortilha na chapa ou em uma frigideira bem quente, sem óleo, de um lado depois do outro
  • Ao mesmo tempo, cozinhe o feijão e bata no liquidificador. Coe e acrescente o caldo aos poucos
  • Numa metade da tortilha, espalhe o feijão e queijo prato ralado, feche a outra metade por cima, aperte bem na chapa e sirva

James Hollister é um chef britânico

Harmoniza com esta receita: vinhos espumantes (Prosecco e Champagne)

Os melhores vinhos para acompanhar sua receita você encontra na Sonoma

Quer saber mais? Veja também outros artigos relacionados.