Receita de Risoto funghi com caldo de carne, por Sonoma

Ingredientes

  • ¾ xícara de arroz arbório
  • 20g de funghi secchi
  • 2 dentes de alho
  • 1 cebola pequena
  • ½ xícara de vinho tinto seco
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva
  • 1 ½ litro de caldo de carne
  • ¼ colher (chá) de noz moscada em pó
  • Queijo parmesão fresco ralado à gosto
  • Opcional: azeite de trufas negras

Modo de preparo

  • Você vai precisar de uma caçarola funda de tamanho médio para o risoto, uma caçarola funda de tamanho pequeno para o caldo, 1 colher grande (de preferência de pau), 1 concha para pegar o caldo e os ingredientes à mão
  • Comece separando e preparando todos os ingredientes e utensílios, pois depois que o risoto vai ao forno ele demanda atenção total até a hora de ser servido
  • Lave o funghi secchi em água corrente para retirar vestígios de terra. Coloque-os com água fervente numa tigela e deixe-os hidratar por 10 minutos
  • Coloque água o suficiente para cobrir os funghis, não precisa de muito. Enquanto isso pique a cebola em cubos pequenos, amasse o alho, rale a noz moscada e o queijo parmesão
  • Peneire o funghi secchi hidratado, reservando o caldo que sair dele. Coloque esse caldo na panela e complete com o caldo de carne, que pode ser caseiro ou não. Caso não tenha o caseiro, pode usar um desses caldos em pó ou tablete dissolvidos em água fervente
  • Deixe a panela com o caldo em fogo baixo, para manter bem quente
  • Pique o funghi ligeiramente, caso esteja muito grande. Reserve
  • Na outra panela maior, coloque uma colher de manteiga, o azeite e a cebola picada. Deixe dourar
  • Acrescente o alho e o funghi. Deixe dourar mais um pouco e coloque o fogo baixo
  • Junte o arroz arbório, refogue por um minuto e acrescente o vinho tinto. Mexa sem parar, até que ¾ do vinho adicionado já tenha evaporado (uns 2 minutos)
  • Acrescente 2 conchas de caldo ao risoto e vá mexendo constantemente, para que não grude no fundo. O segredo é não parar de mexer até ficar pronto, ok?
  • Após o caldo ter evaporado uns ¾, acrescente mais uma concha, e assim por diante, até que o arroz do risoto já tenha adquirido aquela consistência “al dente” típica de um bom risoto
  • Quando chegar neste momento desligue o fogo, acrescente mais uma concha de caldo, a noz moscada e a outra colher de manteiga. Misture tudo
  • Sirva imediatamente com o queijo parmesão fresco ralado por cima
  • Caso você goste e tenha disponível, coloque um fio de azeite de trufas negras por cima do risoto, fica divino! Bom apetite!

Harmonização: tintos com toques terrosos e boa acidez (Merlot brasileiro, Sangiovese, Pinot Noir da Borgonha)

Os melhores vinhos para acompanhar sua receita você encontra na Sonoma

Quer saber mais? Veja também outros artigos relacionados.