Receita: Strogonoff de carne, por Panelaterapia

Reza a lenda (e vários historiadores gastronômicos), que o strogonoff foi um prato criado pela família russa Stroganov.

—*

Reza a lenda (e vários historiadores gastronômicos), que o strogonoff foi um prato criado pela família russa Stroganov. A Larousse Gastrominique conta que o nome do prato vem do verbo russo “strogat”, que significa “cortar em pedaços.” Quando a receita chegou à França, ganhou champignon, páprica e mostarda, pelas mãos do chef Thierry Costet, depois se espalhou pelo mundo. A adição de ketchup se deu nos Estados Unidos*.

Ingredientes

  • 300 g de carne picada (alcatra, filé mignon, a que você quiser)
  • 1/2 xícara de champignon (usei em lâminas)
  • 1/2 cebola picada
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • 2 colheres (sopa) de ketchup
  • 1/2 colher (sopa) mostarda
  • 1/2 envelope de caldo de carne em pó
  • 1 caixinha (200g) de creme de leite sem soro
  • Imporante: a carne já estava temperada com antecedência. Por isso não foi necessário adicionar sal.

Modo de Preparo

  • Comece refogando a cebola no óleo e na manteiga (o óleo evita que a manteiga queime). O ideal é não deixar a cebola dourar, ela precisa murchar e ficar quase derretendo, então mantenha em fogo baixo
  • Junte a carne e doure. É comum soltar um pouco de líquido, inclusive ele ajudará a formar o molho. Some os cogumelos
  • Na sequência adicione o ketchup, a mostarda e o caldo de carne – Misture bem e acrescente o creme de leite. Você vai perceber que o molho ficará muito grosso. Vá acrescentando leite aos poucos (no meu caso, foram 4 colheres de sopa) até ficar na consistência desejada
  • Acerte o sal se achar necessário e polvilhe pimenta do reino
    Quebra um super galho quando você precisa de uma comida rápida e praticamente unânime!

*Dica: sempre que for adicionar carne em um prato é importante deixá-la por uns 15 minutos em temperatura ambiente para não ficar tão gelada. Isso evita que a panela esfrie e a carne solte muita água.

Panelaterapia é um blog de culinária

Harmoniza com esta receita: Merlot, Zinfandel, Pinot Noir do Chile

Os melhores vinhos para acompanhar sua receita você encontra na Sonoma


Quer saber mais? Veja também outros artigos relacionados.