Receita: Sukiyaki, por Restaurante Sushi-Kiyo

Este prato japonês, hoje tradicional e sofisticado, teve origem entre os camponeses na era medieval japonesa. “Suki” significa rastelo e “yaki”, assar, ou seja, assar com rastelo. Para que não precisassem levar utensílios pesados de cozinha para o campo, os trabalhadores assavam seus alimentos diretamente no fogo com a ajuda de um rastelo.

Sushi-Kiyo é um tradicional restaurante japonês em São Paulo.

Ingredientes

  • 30g de manteiga sem sal
  • 200g de filé mignon fateado finamente
  • 6 folhas de acelga
  • 100g de moyashi (brotos de feijão)
  • 1 unidade de cebola média
  • ½ maço de naga negui (cebolinha grossa,cebolão, cebolinha branca)
  • 8 unidades de cogumelos Shitake
  • 250g de itoh konhaku (macarrão de batata)
  • 200g de tofu (queijo de soja)
  • Dashi (molho)
  • 100 ml de shoyu (molho de soja)
  • 50ml de sake comum
  • 50ml de mirim (sake doce)
  • 15g de açúcar

Modo de preparo

  • Lave bem as folhas de acelga e corte-as em retângulos
  • Lave os talos da cebolinha grossa e corte-as em pequenos cubos de 5 cm em diagonal
  • Retire os talos do cogumelo shitake e corte o queijo de soja em cubos de 5 cm
  • Retire o macarrão de batata do pacote e cuidadosamente esprema-os com as mãos de modo que, saia o máximo do soro que envolve o macarrão
  • Aqueça a panela e derreta a manteiga, em seguida refogue levemente a carne sem deixar dourar
  • Em seguida, coloque as folhas de acelga cortadas em retângulos, a cebola cortada em meia rodela de 1 cm de espessura, os cogumelos shitake sem os talos, as cebolinhas cortadas e o tofu cortado em cubos
  • Misture todos os ingredientes do molho e adicione ao sukiyaki. Em seguida, acrescente o macarrão de batata
  • Certifique-se de que todos os ingredientes estão dispostos de forma artística e tampe a panela por 8 minutos. Depois, retire a tampa e acrescente o broto de feijão
  • Deixe cozinhar por 2 minutos e estará pronto para servir

Observação: Caso o molho comece a transbordar da panela retire um pouco do molho com uma concha e guarde. A medida que o molho for secando da panela vá acrescentando aos poucos o que você retirou.

Harmoniza com esta receita: vinhos brancos com boa acidez e tintos de baixo corpo (Gewürztraminer, Sauvignon Blanc e Pinot Noir)

Os melhores vinhos para acompanhar sua receita você encontra na Sonoma


Quer saber mais? Veja também outros artigos relacionados.