Argentina: uva francesa com jeito de sul-americana

Argentina: uva francesa com jeito de sul-americana

Argentina: uva francesa com jeito de sul-americana

Já percebeu que as uvas mais icônicas da Argentina são francesas? Mas, em terras sul-americanas, a Malbec e companhia ganham jeitinho latino.

Uma questão de corte! A Argentina se beneficia de bom clima e excelentes uvas para a produção de vinhos.

Bem-vindos ao fim do mundo! É na Argentina que fica Ushuaia, a cidade mais meridional do planeta – mais longe, impossível. Da capital da Terra do Fogo – que não é nada quente quanto o nome – partem cruzeiros para a Antártida. Mas a Argentina não se resume a sua porção gelada da Patagônia: em Buenos Aires, assista a uma apresentação de tango enquanto aprecia empanadas, típica massa recheada, e chorizo, tipo de salsicha picante, ou então os famosos cortes argentinos de churrasco.

Assim como o Chile, a Argentina se beneficia da Cordilheira dos Andes em seu território, inclusive para a produção de vinhos. O deslocamento dos vinhedos para regiões de altitude na Cordilheira faz parte do processo de modernização da produção vinícola, iniciado na década de 1980, e que colocou os vinhos argentinos no cenário mundial.

O corte clássico do vinho argentino é feito com as uvas cabernet sauvignon, merlot e malbec, que adaptou-se tão bem ao solo e clima argentino a ponto de ser a uva emblemática do país, produzindo vinhos de expressões únicas. Atualmente são plantadas variedades francesas, italianas, alemãs e espanholas, entre outras, como a variedade crioula Cereza, uva de casca rosada derivada da chilena Pais.

A região de Mendoza, uma das duas principais regiões vinícolas do país juntamente com San Juan, é responsável pela produção cerca de 85% do vinho argentino. La Rioja, outra região importante, está mais ao norte e é um dos lugares mais quentes do país, com temperaturas de até 36º C. Contrastando com o calor de La Rioja está a província de Rio Negro, na Patagônia Argentina, que exige avançados sistemas de irrigação pela falta de chuvas do clima desértico.

Faça as malas e aproveite todas as opções da Argentina: desertos, fiordes, lagos congelados, e muito, muito vinho!

Por Sonoma Brasil

Leave a comment

Your email address will not be published.


*