Douro: a taça repleta de história

zcbrukayfxohdfinshsuzcbrukayfxohdfinshsu

Douro: a taça repleta de história

Os vinhos portugueses são ótimos, e disso ninguém duvida. Mas você sabe o que significa beber um vinho do Douro?

Os vinhos portugueses são ótimos, e disso ninguém duvida. Mas você sabe o que significa beber um vinho do Douro?

O rio Douro é um dos principais de Portugal, nasce na Espanha e percorre todo o país em sua porção norte, desaguando no Oceano Atlântico e moldando toda a paisagem ao longo do seu curso. Os “socalcos”, termo muito utilizado para descrever a região, são degraus feitos numa encosta para poder ser utilizada para a agricultura. A história aponta que o vinho é uma das frutas plantadas na região, e os retratos feitos por escritores portugueses confirmam a beleza e a tradição da viticultura na região.

José Saramago, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, descreveu o Douro


como “a impressão destas encostas cultivadas em socalcos, cobertas de vinhas de cima a baixo, a grafia dos muros de suporte que vão acompanhando o fluir do monte”. Miguel Torga também retratou a região em seu livro, Diário XII: “o prodígio de uma paisagem que deixa de o ser à força de se desmedir. Não é um panorama que os olhos contemplam: é um excesso da natureza”.

O Alto Douro, no nordeste português, é a primeira Denominação de Origem do mundo, foi classificada como Patrimônio da Humanidae pela UNESCO, e produz vinhos há mais de 2000 anos. As uvas cultivadas na região dão origem ao ilustre vinho do Porto, muito consumido no Reino Unido, e cuja fama secular fez dele convidado solene de algumas ocasiões históricas, como a assinatura da Declaração de Independência dos Estados Unidos, e a batalha de Waterloo, na Bélgica, ambos no século XVIII.

A tradição vinícola do Douro, muito presente nas Quintas e nas pequenas propriedades onde se produz a bebida, já resultava em taças elogiados. Com a nova geração de produtores, entre eles os célebres Douro Boys, todo o processo de produção foi modernizado, e com isso, os rótulos alcançaram status de estrelas entre os vinhos do mundo.

De Porto a um rótulo da “nova geração”, o Douro é a região portuguesa onde a tradição vinícola encontra a modernidade, resultando em taças que são uma verdadeira experiência “da terrinha”, ora pois. E há de concordar que é tudo verdade, não?

Por Clarissa Viana

Leave a comment

Your email address will not be published.


*