Vanguarda sulamericana

Se no Brasil temos a Serra Gaúcha e Argentina tem Mendoza, Uruguai tem Canelones!

Situado entre o Rio Grande do Sul e a Argentina, duas das principais regiões produtoras de vinho da América do Sul, não deveria causar surpresa a informação de que o Uruguai produz grandes vinhos. Mas poucos no Brasil sabem que lá existe uma vibrante indústria produtora que projeta ao mundo os grandes vinhos dos nossos vizinhos menores no Sul. Pois é, se no Brasil temos a Serra Gaúcha e Argentina tem Mendoza, Uruguai tem Canelones!.

A história do vinho no Uruguai remonta à época dos colonizadores espanhóis. Foram eles que plantaram as primeiras videiras vindas da Europa no início do século XVII. Entre as primeiras uvas que os espanhóis escolheram para o cultivo era a Moscatel. Porém, foram os italianos que realmente começaram a produzir vinho em escala comercial cem anos atrás. Com essa rica tradição, combinando o expertise e a matéria prima do velho mundo com o terroir único uruguaio, que o país aos poucos começou a se projetar como sério produtor de vinhos.

O estado costeiro de Canelones está localizado no sul do pequeno país de 176,000Km2 (o país todo é menor, portanto, que o estado de São Paulo). É de lá que vem mais de 70% dos vinhos do Uruguai, atividade que emprega mais de 45,000 pessoas. E por que Canelones? Pois uma das principais razões é a presença de grandes números de descendentes de imigrantes Europeus que herdaram a tradição e a vontade de fazer da produção de vinho seu jeito de vida. Espanha e Itália são as principais colônias em Canelones. A outra grande razão é a proximidade com o mar, o que lhe dá à região um clima mediterrâneo, com níveis anuais ideais de chuva que ajudam a tornar o solo muito bom para o cultivo.

A principal área plantável de Canelones fica entre as latitudes 30º e 35º, alinhada geograficamente com as mesmas regiões onde Argentina, Chile, Austrália e África do Sul produzem seus mais conhecidos vinhos.

A produção de vinhos no Uruguai evoluiu muito nas últimas décadas e hoje inclui diversos vinhos premiados mundo afora. O vinho uruguaio tem chamado a atenção de grandes mercados consumidores que nas últimas décadas têm se interessado muito por vinhos, como Rússia e China. As principais uvas presente no Uruguai são a Moscatel, Sauvignon Blanc, Chardonnay, Gewürztraminer, Merlot, Marsanne e a Tannat, que no Uruguai é conhecida como Harriague, homenageando a Don Pascual Harriague, um dos pioneiros produtores de vinho no Uruguai. A cada ano o volume de vinho produzido, consumido internamente e exportado tem aumentado e, conforme o Uruguai e seus vinhos forem ganhando mais fama internacionalmente, a tendência é que o crescimento continue.

Por Pedro Falkenbach

Conheça nossos vinhos uruguaios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aprenda mais sobre o universo do vinho.

Cadastre seu e-email e receba atualizações notícias e promoções

Por favor, verifique seu email. Por favor, verifique sua cidade.
O que falam da gente

Quer saber mais da Sonoma? Clique em algumas destas matérias para saber mais sobre a empresa.

Close
© 2020 SONOMA. Todos os direitos reservados. Se beber não dirija. Aprecie com moderação. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.
Close