“Detox” nossa de cada dia

“Detox” nossa de cada dia

Quer perder uns quilinhos e não sabe nem por onde começar? Desintoxicação alimentar pode ser a saída e não precisa deixar de ser gourmet!

Quer perder uns quilinhos e não sabe nem por onde começar? Desintoxicação alimentar (ou “detox”, para os mais íntimos) pode ser a saída, e melhor: não precisa deixar de ser gourmet!

Veja como é melhor usar o termo “detox” no lugar de dieta. A finalidade pode até ser a mesma, mas não é preciso começar na segunda (e já querer terminar na terça), nem muito menos assumir uma postura radical e se privar das coisas boas da vida.

Afinal, ninguém aqui quer deixar de ser gourmet e tomar vinho… Ou quer?

Além disso, a desintoxicação é um hábito natural do corpo humano e tomar pequenas atitudes que podem ajudar esse processo vão apenas acelerar a chegada ao resultado desejado!

Chás e sucos: os maiores aliados

Mais que manter-se hidratado, é importante optar por bebidas que farão seu organismo eliminar líquidos em excesso. Em outras palavras, o farão desinchar rapidamente!

Pensou imediatamente em chá verde? Sim, estamos falando dele também, mas saiba que não é o único! Começou a causar certo burburinho o chá da pétala desidratada do hibisco. O chá da flor, assim como o verde, elimina radicais livres e outras toxinas acumuladas em meio a tanto líquido.

Além disso, sucos verdes também são sempre bem-vindos no período! Se nunca tomou um suco de couve, pepino, clorofila ou espinafre é certo que vai torcer o nariz, mas, acredite, eles podem ser incríveis! Em vez de água mineral, bata o suco com água de coco e já terá melhora efetiva. Bom, e combinações é o que não vão faltar: abacaxi, laranja e mamão, acerola, beterraba, carambola, melancia, melão, hortelã, daí em diante…

Carboidratos: aumentando a complexidade

Carboidratos, assim como as bebidas alcoólicas, são vistos pela maioria das dietas como grandes inimigos. Pode-se dizer que os mais simples, de fato, nem sempre são a melhor opção.

Por outro lado, optar por carboidratos mais complexos e por integrais pode ajudar, e muito, a “detox”!

Em vez de pão francês no café da manhã, por exemplo, coma uma tapioca com chia. Só deixe de lado o leite condensado, o coco, a manteiga e os outros acompanhamentos gordurosos que costumamos comer com tapioca.

Ainda na onda das substituições, batata doce, mandioca e abóbora, ao contrária de batata, saciam a fome sem aumentar o nível de glicose no sangue, evitando o estoque de gordura. Ainda vai ficar no arroz, macarrão e batata?!

A pitada gourmet que faltava

Existem uma série de ingredientes que, além de deixar sua refeição mais saborosa, ajudarão na “detox”. Sabe quais? Gengibre, canela, manjericão, pimenta, limão, chia, linhaça, gergelim, semente de girassol.

Cada um tem uma propriedade diferente: regular a temperatura do corpo, estimular a queima de calorias, equilibrar o pH, entre outros.

Use e abuse deles! O ideal é usar mais temperos e especiarias nas receitas, de modo a evitar o uso excessivo de sal e açúcar, que podem fazer efeito reverso na “detox”!

Vinho pode, mas sem exagerar na dose

Se acha que deve tirar o vinho da sua alimentação durante o período de “detox”, então está no lugar errado. Nós, aqui, nem ousaríamos pensar numa coisa dessas!

É claro que existem aqueles vinhos mais pesadões (calóricos e ricos em açúcar residual), como é o caso do Vinho do Porto, e outros que, de tão poderosos, pedem comidas ricas em gordura. É… podemos deixá-los de lado por um tempo e trocá-los por outros mais leves e com menor valor energético.

Em média, pode-se dizer uma taça de vinho possui 110 kcal, seja branco, rosé, tinto ou espumante. Se ficar na primeira ou, no máximo, segunda taça, poderá ser feliz e ainda saudável, afinal, além de ser a bebida alcoólica menos calórica, favorece a saúde do organismo em muitos, muitos aspectos.

Ah, e tem um detalhe! Consumir doses moderadas de vinho regularmente faz com que o organismo se torne um escudo natural, isso porque a bebia possui propriedades antibióticas, anti-inflamatórias e por aí vai.

Por Gustavo Jazra

Join the Conversation

  1. Adorei a matéria. ajudou bastante. Parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aprenda mais sobre o universo do vinho.

Cadastre seu e-email e receba atualizações notícias e promoções

Por favor, verifique seu email. Por favor, verifique sua cidade.
O que falam da gente

Quer saber mais da Sonoma? Clique em algumas destas matérias para saber mais sobre a empresa.

Close
© 2020 SONOMA. Todos os direitos reservados. Se beber não dirija. Aprecie com moderação. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.
Close