10 Benefícios Da Cerveja Para A Saúde

Benefícios Da Cerveja Para A Saúde

Comecemos dizendo que, consumida com moderação, ela previne cerca de 26.000 mortes por ano, segundo o relatório da USDA (United States Departmente of Agriculture).

Isto porque diminui as taxas de doenças cardíacas, derrames cerebrais e diabetes.

É importante lembrar que a quantidade recomendada e permitida pela OMS (Organização Mundial da Saúde) é de um a dois copos pequenos ao dia para mulheres, e três para homens.

1. Viva mais: para o coração, tão boa quanto vinho

Sabe aquela história de que uma taça de vinho por dia faz bem para o coração? O mesmo é válido para dois copos de cerveja por dia.

Estudos mostram que, se consumida moderadamente, a cerveja diminui os riscos de ataques cardíacos e doenças cardiovasculares em até 40%.

Além disso, aqueles dois copinhos por dia, ajudam a elevar os níveis do colesterol bom, evitando entupimento das artérias.

2. Acredite, ajuda a emagrecer

Isso acontece por vários motivos. Primeiro: estudos comprovam que há componentes na cerveja que ajudam a dar energia ao corpo, acelerando, assim, a queima de gordura.

Segundo: é fonte de carboidrato complexo, que possui menos calorias e mais fibras, ou seja, dá mais energia ao corpo e ainda limpa o organismo. Terceiro: favorece o equilíbrio gastrointestinal.

Segundo o médico Lara, vice-presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), a composição da cerveja contém probióticos no processo de fermentação.

Isto favorece o equilíbrio do sistema gastrointestinal, evitando que causadores de doenças se multipliquem. Ou seja, digestão realizada com sucesso!

3. Quase uma limpeza de pele

A cevada apresenta muitos benefícios para a pele. O Dr. Anderson Bertolini, diretor médico da Clínica Bertolini, explica que há vitaminas B1, B3 e E, além de selênio, ferro, fósforo, zinco e cobre, que ajudam a manter a pele saudável.

A dermatologista do Hospital São Luiz, Samar El Harati, diz que o crescimento e regeneração das células da pele acontecem graças ao EGF (fator de crescimento epidérmico) contido na cevada, que é uma réplica natural do EGF humano.

4. Por um mundo com mais doces e menos diabetes

Diabéticos, vejam só! Uma pesquisa espanhola publicada em 2011 quebrou o tabu de que diabetes e cerveja não combinam. Foi encontrado componentes benéficos ao combate da doença na fórmula da cerveja.

Estes componentes ajudam no controle de glicemia no sangue e previne inflamações. Houve até mesmo insinuações de que, no campo da saúde, a cerveja já tenha se equiparado ao vinho.

5. Insônia? Durma como um anjinho

Tarde da noite e você está lá, acompanhando todas as voltas do ponteiro do relógio, zapeando todos os canais de TV e no outro dia acorda cansado e com olheiras por ter dormido só algumas horinhas (ou minutos) numa noite?

Bem, apostamos que não bebeu a quantidade recomendada de cerveja por dia. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Extremadura, na Espanha, o lúpulo presente na bebida aumenta a atividade do neurotransmissor que apresenta efeito sedativo e diminui a ação do sistema nervoso.

Sabendo disso, prepare-se para dormir como um anjo. (Lembrando que a quantidade recomendada é de dois copos para mulheres e três para os homens).

6. Não vai esquecer, hein

Foi na Universidade de Loyola, nos Estados Unidos, que 365 mil voluntários foram analisados. Dentre eles, os que bebiam cerveja com moderação, apresentaram risco 23% menor de desenvolver Alzheimer do que as pessoas que nunca consomem a bebida. Demência e problemas cognitivos também estavam relacionados aos resultados.

7. Bom para a gripe: remedinho da vovó

Lá vem o lúpulo de novo. Tal como o resveratrol no vinho, ele é responsável por muitos dos benefícios na cerveja, inclusive reforçar o sistema imunológico.

Na revista científica Medical Molecular Morphology foi publicado um estudo japonês que dizia que o lúpulo possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

O que isso significa? Que a multiplicação do vírus respiratório é inibido com o consumo moderado da cerveja. Além disso, também contribui para a prevenção da pneumonia.

8. Caspas nunca mais

Nada mais desconfortável do que ter caspas, não é mesmo? Agora imagine que a cerveja pode resolver este problema! Estudos apontam que a vitamina B e a levedura presentes na cerveja te ajudam a se livrar desse desconforto.

Basta lavar o cabelo três vezes por semana com a bebida e adeus caspas!

9. Deixe as pedras fora dos rins

Que a cerveja é diurético, muita gente já sabe, e um estudo finlandês comprovou que a cerveja pode reduzir em 40% os riscos de desenvolver pedras nos rins.

Mas atenção: o excesso da bebida pode agravar o quadro, nada mais, nada menos do que a recomendação diária.

10. Nunca mais quebre um osso

Leite é só para quem não conhece o poder do silício presente na cerveja. Em Londres, um estudo do Kings College comprovou que essa substância faz com que a cerveja ajude a melhorar a densidade óssea.

Na Universidade da Califórnia, pesquisadores apontam que essa substância é encontrada no grão da cevada e é mais abundante em cervejas dos tipos ale e lagers, enquanto nas cervejas escuras, o processo de torrefação compromete a concentração da substância.

ATENÇÃO!! Não é porque a cerveja tem seu lado positivo que pode ser bebida aos montes.

Os efeitos ruins do álcool ainda superam todos esses pontos. Ou seja, lembre-se sempre da medida diária recomendada: dois copos pequenos (uma lata) para mulheres e três copos (duas latas) para homens.

Entre na Sonoma e conheça nossos produtos.

Join the Conversation

  1. Espero que tudo isso sejam verdades. É bom e muito bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aprenda mais sobre o universo do vinho.

Cadastre seu e-email e receba atualizações notícias e promoções

Por favor, verifique seu email. Por favor, verifique sua cidade.
O que falam da gente

Quer saber mais da Sonoma? Clique em algumas destas matérias para saber mais sobre a empresa.

Close
© 2020 SONOMA. Todos os direitos reservados. Se beber não dirija. Aprecie com moderação. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.
Close