Tempranillo – Uva da Península Ibérica

Tempranillo é uma casta de uva tinta originária da Península Ibérica. Seu nome vem do termo espanhol ‘temprano’, que em português significa ‘cedo’.

O nome Tempranillo foi escolhido pelo fato desse tipo de uva apresentar ciclo de crescimento curto e amadurecimento rápido.

A uva Tempranilo é cultiva em quase todas as sub-regiões produtoras de vinho da Espanha, inclusive em Portugal, onde recebeu outro nome.

Em Douro e Dão, por exemplo, a uva foi batizada como Tinta Roriz, enquanto no Alentejo a casta recebeu o nome Aragonez.

Esse tipo de casta possui fácil adaptação, tanto que já é produzida em outros países. Além de Portugal e Espanha, a Tempranillo também é cultivada na Argentina, Estados Unidos, Austrália e Brasil, na fabricação de vinhos tintos.

A Tempranillo é famosa por gerar vinhos com boa acidez e pouco poder de oxidação, o que significa que podem ser envelhecidos por mais tempo.

Quando jovens, o vinho tinto feito com a uva Tempranillo apresenta aromas frutados de framboesa, cereja e morango, que costuma predominar. Já nos vinhos tintos envelhecidos, os aromas de geleia de frutas são marcantes, inclusive o de alcaçuz.

Além de serem utilizadas na fabricação de vinhos tintos, a casta de uva Tempranillo também é usada na produção do tradicional vinho do Porto, surgindo como uma das cinco uvas que são permitidas na fabricação do vinho fortificado português.

Dentre os produtores que se destacam na fabricação de vinhos com a uva Tempranillo, podemos citar a vinícola espanhola Valdelosfrailes, a bodega argentina Benjamin Nieto Senetiner e a brasileira Miolo.

Por Sonoma Brasil

Conheça nossa variedade de vinhos


Quer saber mais? Veja também outros artigos relacionados.