Uva Ancellotta… mas, hein?

Uva Ancellotta… mas, hein?

Guarde bem este nome: Ancellotta. Apesar de difícil (e estranho) pode te proporcionar bons momentos.

Guarde bem esse nome. Apesar de difícil (e estranho) pode te proporcionar bons momentos.

Confesso que quando nos deparamos com um rótulo dessa variedade em uma de nossas degustações, nem me dei conta que se tratava de uma uva. A bebida que provamos, foi tão surpreendente quanto o seu nome. Tão agradável que me fez pesquisar mais sobre ela…

Em livros e na internet, descobri que a variedade Ancellotta, infelizmente, é pouco conhecida e encontrada no país. Cultivada, principalmente, na região Emilia-Romagna, na Itália, é habitualmente usada em seu país de origem em associação com outras variedades. Como é o caso da Cabernet Franc de Bordeaux, por exemplo. Pode ser apreciada em Lambruscos e tintos, sendo que para o primeiro é usada como uva secundária para sua produção, tornando-o um pouco mais doce.

A uva de nome, digamos que diferente, também pode ser encontrada como “Lancellotta”, onde provavelmente deriva da família italiana Modenese Lancellotti, que foram os primeiros a cultivarem a uva no século 14.

O que mais me chamou atenção no rótulo que experimentei foi a suavidade e o equilíbrio perfeito entre a acidez, o álcool e o tanino. Como novata no mundo de vinhos, acredito que esse seja o segredo de um vinho gostoso. A mistura das variedades Ancellotta e Malbec – corte presente no vinho – o tornou tão saboroso que ao final da taça ficou aquele “gostinho” de quero mais, uma vez que a variedade Malbec agrada quase sempre. Eu, particularmente, adoro e essa mistura ficou excelente.

Além do sabor, que achei que lembra muito frutas em compota, a coloração é outro ponto que seduz. Uma cor intensa violeta, atrai o olhar para taça. Não só os aromas e sabor são importantes. O conjunto deve estar em harmonia e, portanto, uma coloração bonita faz toda a diferença para a compor uma boa experiência com a bebida.

Essa uva é candidata a se tornar sua preferida. Será que tem mais alguém na nossa comunidade Sonoma que já provou um vinho com a variedade Ancellotta? Se sim, a experiência foi agradável?

Por Andressa D’Amatto

Conheça nossa variedade de vinhos!

Join the Conversation

  1. Renato Silva says:

    Há pouco mais de um ano, visitando o Vale dos Vinhedos em RS, quis sair do roteiro das grandes vinícolas e de repente entrei em uma estradinha qualquer. Parei na vinícola Dom Laurindo pela beleza dos parreirais. Bem atendido, disse que queria um vinho focado no sabor da fruta, sem complexidade. Daí conheci a Ancellotta…O resto, é o que foi escrito na postagem acima…Delícia de vinho !

  2. Andrei D`Angelis says:

    Ancellotta do Dom Laurindo é sensacional! Super recomendo também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aprenda mais sobre o universo do vinho.

Cadastre seu e-email e receba atualizações notícias e promoções

Por favor, verifique seu email.
O que falam da gente

Quer saber mais da Sonoma? Clique em algumas destas matérias para saber mais sobre a empresa.

Close
© 2020 SONOMA. Todos os direitos reservados. Se beber não dirija. Aprecie com moderação. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.
Close