Matias Riccitelli, um dos maiores nomes da enologia de toda a Argentina

A família Riccitelli fez história na vitivinicultura argentina. Tudo começou com Jorge Riccitelli, enólogo habilidoso, quiçá genial, que há décadas está no comando da Bodega Norton, seguido de seu filho, Matias Riccitelli, ao comando da bodega que recebe seu nome desde 2009.

Matias Riccitelli nasceu em Cafayate, Salta, uma pequena vila ao norte da Argentina, uma região onde a vinificação é tudo – não apenas um ofício, mas sim um modo de vida onipresente.

Uma estrela em ascensão desde a juventude, Matias cresceu entre Cafayate e Mendoza, onde ele estudou técnicas de vinificação com seu pai e mentor, o legendário enólogo Jorge Riccitelli, e aprendeu tudo o que precisava para desenvolver o trabalho.

Um enólogo de alma inquieta, Matias ainda viajou ao redor do mundo trabalhando em diferentes vinícolas, participando sempre de todas as etapas de vinificação, para que pudesse aprender todos os detalhes que diferenciam um simples vinho de um grande vinho.

Com a sua história de vida somada aos conselhos que recebeu de seu pai, Matias fundou a vinícola boutique que carrega seu nome, no terroir de Las Compuertas, em 2009, e de lá pra cá se tornou um dos enólogos mais prestigiados do país, tendo sido eleito como Enólogo do Ano em 2021 pelo Guia Descorchados.

riccitelli wines vinhos argentina

Uma paixão de família

Como mencionado acima, Jorge Riccitelli, pai de Matias, é um dos maiores enólogos argentinos de todos os tempos.

Responsável por assinar os vinhos da renomada Bodega Norton, que ocupa o quarto lugar em volume de consumo no país, segundo dados de Karen Gutiérrez, gerente de marketing da Distribuidora Isleña, Jorge foi o primeiro enólogo sul americano a receber o prêmio de Enólogo do Ano, em 2012, pela Wine Enthusiast.

riccitelli familia vinicola
Matias e Jorge Riccitelli.

A vinícola

A vinícola fica no terroir de Las Compuertas, a 1.100 metros acima do nível do mar. Esta é a zona mais alta de Luján de Cuyo, onde a vinícola Riccitelli tem cerca de 20 hectares de vinhas não enxertadas. Eles também trabalham com pequenos produtores locais que possuem vinhedos ao fundo dos andes, em alturas que variam entre 1.000 e 1.700 metros acima do nível do mar, como Gualtallary, Chacayes, Altamira, La Carrera e também possuem um vinhedo com vinhas que tem, em média, 60 anos, no Vale do Uco, na Patagônia Argentina.

A seleção de uvas e colheita é feita de forma manual, buscando manter a maior integridade possível de cada cacho de uvas. A maceração e primeira fermentação geralmente acontece em cubas de concreto. Os vinhos mais complexos da casa estagiam parte em tanques de concreto em formato oval, uma técnica que preserva a qualidade da fruta, acidez e frescor do vinho, e parte em barris de carvalho que não são de primeiro uso.

“Vinificação não é para covardes”, diz Matias Riccitelli, e conhecendo melhor o trabalho da vinícola é fácil entender o porquê. A vinícola trabalha para que suas vinhas possam garantir a melhor expressão de cada um dos terroirs de seus vinhedos, mantendo a máxima pureza e delicadeza na vinificação e envelhecimento, cuidando da singularidade de cada casta para obter vinhos brilhantes.

A grande diversidade de solos altamente influenciada pela altura, mostra o grande potencial da Argentina na vinificação e é exatamente disso que eles se orgulham de conseguir expressar em seus vinhos.

Conheça suas encantadoras criações!

Matias Riccitelli Hey! Malbec 2020

Os vinhos da linha “Hey!” são a porta de entrada para as grandes criações de Riccitelli. Este Malbec foi elaborado com uvas do Valle de Uco (50%) e também de Luján de Cuyo, de parreiras plantadas entre os 950 e 1.400 metros de altitude. Um tinto que exala aromas de frutas silvestres, geléia de ameixa, flores violeta e especiarias. A explosão de sabores frutados do paladar é acompanhada de taninos macios e redondos, acidez mineral, além de final intenso e prolongado.

RICCITELLI HEY MALBEC 2020 1

Matias Riccitelli Hey! Rosé 2021

Esta é uma elegante versão de um Rosé de Malbec que, apesar de jovem, oferece boa complexidade e excelente frescor. Exibe sedutoras notas de flores brancas, grapefruit e casca de laranja. É muito interessante encontrar um rosé como este, que sai do espectro que poderia ser esperado, de frutas vermelhas silvestres. Este tem personalidade marcante, ótimo equilíbrio entre as frutas e a acidez cítrica, que marca o final de boca.

RICCITELLI HEY ROSE 2021 1

Matias Riccitelli Blanco de la Casa 2020

Esse vinho está entre os maiores vinhos já elaborados por Matias Riccitelli. Resultado de um corte diferente de Sauvignon Blanc, Sémillon e Chardonnay provenientes do Vale do Uco. É um branco complexo, envelhecido apenas em ovos de concreto, que oferece boa estrutura e que inclui notas herbáceas, frutas e flores brancas, com um toque de mineralidade. O vinho tem corpo médio e acidez bem fluida, que marca presença e ajuda a espalhar a complexidade dos sabores no paladar.

RICCITELLI BLANCO DE LA CASA 2020

Matias Riccitelli The Party Malbec 2020

The Party é um Malbec que, como o nome sugere, é só festa! Uma jovem e refrescante versão da clássica Malbec de Mendoza, cultivada no Vale do Uco. Fermentado com leveduras indígenas é um vinho natural, que contém aromas de frutas vermelhas como morangos, cerejas e groselhas e notas florais que remetem a jasmim e violeta. Em boca é elegante, tem corpo médio para cheio e frescor inigualável!

MATIAS RICCITELLI THE PARTY MALBEC 1

Matias Riccitelli Valle de Uco Malbec 2018

Este é um tinto para grandes ocasiões! Um Malbec que nasceu em um vinhedo localizado em Gualtallary, no Valle de Uco, a 1.450 metros de altitude. Para ilustrar os rótulos dos vinhos desta linha, foram escolhidas espécies nativas que encontram no mesmo terroir do vinho condições únicas para se desenvolver, assim como este belo Malbec. Por ter sido fermentado apenas com leveduras indígenas é considerado um vinho Natural exala aromas de cerejas maduras, groselha e cassis, com toques florais que completam seu perfil aromático. Em boca é pleno, macio e extremamente vivo! Tem taninos sedosos, sabor intenso e excelente frescor, com longa persistência, corpo cheio e linda estrutura.

MATIAS RICCITELLI VALLE DE UCO MALBEC 2018

Matias Riccitelli Valle de Uco Cabernet Sauvignon 2016

Os vinhedos onde são cultivadas as uvas de Cabernet Sauvignon que elaboram este tinto estão localizados em Chacayes a 1.300 metros de altitude. É um vinho natural, fermentado apenas com leveduras indígenas, que nos presenteia com aromas de frutas vermelhas e negras, como ameixa, jabuticaba, mirtilos, cerejas e cassis, com um toque de especiarias, como pimenta branca e jamaicana. Em boca mostra todo o frescor extraído da altitude de suas vinhas, com uma complexa estrutura e uma acidez estonteante, balanceada por taninos macios como veludo.

MATIAS RICCITELLI VALLE DE UCO CABERNET SAUVIGNON 2016

Matias Riccitelli Valle de Uco Pinot Noir 2017

Este Pinot foi feito com uvas cultivadas em vinhedos localizados em Gualtallary, a 1.500 metros acima do nível do mar. Por ser uma casta extremamente sensível a variações climáticas e que precisa de clima ameno para melhor se desenvolver, a Pinot prospera lindamente neste terroir. É um tinto que nos presenteia com aromas de frutas vermelhas e negras com toque mineral de pedra quebrada e grafite. Em boca possui corpo médio e traz grande destaque para seu frescor mineral e acidez abundante, envoltos em taninos delicados, com sabores de cassis, groselha e framboesas e um final longo e persistente.
MATIAS RICCITELLI VALLE DE UCO PINOT NOIR 2017

Matias Riccitelli Old Vines From Patagonia Chenin Blanc 2020

A linha Vinhas Velhas da Patagônia, em tradução livre, é a mais nova da vinícola. Um projeto audacioso de Matias Riccitelli para recuperar vinhedos com mais de 60 anos, e alguns até centenários da zona de Rio Negro, na Patagonia Argentina. Este Chenin Blanc vem de vinhedos plantados a uma altitude de 980 e 1.120 metros acima do nível do mar. Oferece aos sentidos, aromas de ervas, frutas brancas maduras e frutas cítricas, como limão siciliano e lima. Ao mesmo tempo uma austeridade que impressiona e indica que este branco vai envelhecer bem por pelo menos uma década. Ao palato, se mostra encorpado e sedoso.
MATIAS RICCITELLI OLD VINES FROM PATAGONIA CHENIN BLANC 2020

Matias Riccitelli Old Vines From Patagonia Semillon 2019

Este Semillon estagiou por cerca de 8 meses em barricas de carvalho francês (50%) e em ovos de concreto (50%), ganhando ainda mais complexidade e mostrando toda a seriedade, sutileza e elegância de que a casta é capaz. Aromático e expressivo, oferece aromas sedutores de frutas cítricas, frutas de caroço, flores brancas e baunilha. Ao palato, traz notas de especiarias devido ao carvalho utilizado, mas todos os componentes estão equilibrados e bem integrados, resultando num vinho puro, limpo, definido e muito elegante!
MATIAS RICCITELLI OLD VINES FROM PATAGONIA SEMILLON

Matias Riccitelli Old Vines From Patagonia Pinot Noir 2020

Este Pinot estagiou em barricas usadas de carvalho francês por cerca de 8 meses e entrega uma incrível complexidade. Oferece aos sentidos, aromas de frutas silvestres recém colhidas, como cerejas e morangos, que se integram com nuances de ervas, um toque de frutas cítricas e notas de terra molhada. Ao palato, tem corpo médio e a pluralidade do nariz se repete e se completa com uma acidez vibrante e taninos refinados e marcantes, evoluindo para um final longo e persistente. Fantástico!
MATIAS RICCITELLI OLD VINES FROM PATAGONIA PINOT NOIR

Matias Riccitelli Old Vines From Patagonia Melot 2018

Este Merlot foi elaborado com uvas plantadas a uma altitude de 980 e 1.120 metros acima do nível do mar. Ano passado, em 2021, recebeu o prêmio de Melhor Merlot pelo Guia Descorchados. Após 12 meses de estágio em carvalho francês, este tinto é complexo, encorpado e opulento. Seu bouquet aromático já se mostra complexo e elegante desde o primeiro momento, com aromas de frutas silvestres, especiarias, chocolate ao leite e baunilha. Em boca é perfeitamente equilibrado, tem excelente estrutura e oferece sabores de tosta, ervas finas, especiarias doce, anis estrelado, tabaco e alcaçuz, com taninos aveludados e longa persistência.

MATIAS RICCITELLI OLD VINES FROM PATAGONIA MERLOT

Matias Riccitelli Old Vines From Patagonia Malbec 2017

Este Malbec é muito especial. Daqueles que merecem acompanhar uma ocasião especial (inesquecível mesmo) ou um momento mais recluso, contemplativo. Estagiou em barricas usadas de carvalho francês por 18 meses e entrega uma incrível estrutura e complexidade. Seu bouquet aromático é bastante complexo e oferece frutas negras e azuis, envoltas em nuances de violeta, com um fundinho que remete a madeira de cedro, baunilha e polpa de cacau. Em boca é suculento, encorpado, oferecendo sabores de ervas secas, cacau em pó e surpreendente mineralidade. Tem acidez média e taninos marcantes mas de excelente qualidade. Ainda muito jovem, com certeza este vinho seguirá evoluindo na sua adega pela próxima década.

MATIAS RICCITELLI OLD VINES FROM PATAGONIA MALBEC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Aprenda mais sobre o universo do vinho.

Cadastre seu e-email e receba atualizações notícias e promoções

Por favor, verifique seu email.
O que falam da gente

Quer saber mais da Sonoma? Clique em algumas destas matérias para saber mais sobre a empresa.

Close
© 2020 SONOMA. Todos os direitos reservados. Se beber não dirija. Aprecie com moderação. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.
Close