Áustria: o reino das uvas brancas

prqdtxmwgi2wf8uti9fsprqdtxmwgi2wf8uti9fs

Áustria: o reino das uvas brancas

Poucas pessoas sabem, mas a Áustria produz os vinhos brancos mais excitantes do centro-leste europeu.

Poucas pessoas sabem, mas a Áustria produz os vinhos brancos mais excitantes do centro-leste europeu.

Apesar de parecer um tanto quanto exagerada esta afirmação, quem os experimenta comprova sua qualidade.

Até a década de 90, os vinhos da Áustria eram um total segredo. Poucos sabiam que aquela terra abrigava terroirs plausíveis, dignos de elaboração de bons vinhos. Alguns rótulos, no entanto, eram exportados para os Estados Unidos. Aos poucos, sua fama na viticultura foi se espalhando.

A viticultura na Áustria é bem antiga. Os celtas – descobridores da área que acabaria se transformando em muitas das regiões vinícolas da Europa central – plantaram na região as primeiras uvas no século IV a.C.

Anos depois, os vinhedos ficaram no enorme arco do Império Romano. Por volta da Idade Média, os vinhedos da Áustria, assim como os da França, da Alemanha e Itália, estiveram sob o cuidado de habilidosos monges.

Os seus famosos brancos

Da mesma forma que a Alemanha, os vinhos brancos e os excelentes doces são os protagonistas deste solo europeu. São elegantes, mas ao mesmo tempo fortes, tornando-os assim deliciosos mistérios a serem desvendados nos lábios.

A Áustria, sem dúvida, possui os vinhos mais concentrados e atraentes do centro-leste da Europa. No entanto, geralmente, os vinhos austríacos são mais encorpados do que os alemães.

Embora o número de vinhos austríacos disponíveis ainda seja pequeno, os que se podem encontrar situam-se entre os mais deliciosos e conquistadores.

Já em relação às uvas, as principais são Riesling e Grüner Veltliner – variedade nativa e conhecida pelos vinhos condimentados e brilhantes. Esta uva, no geral, proporciona vinhos leves e com um toque sutilmente apimentado.

E você, já teve a chance de provar um vinho austríaco? Como foi a experiência?

Por Andressa D’Amatto

Leave a comment

Your email address will not be published.


*